A Arezzo (ARZZ3), empresa do setor de índústria e comércio, divulgou na manhã dessa sexta-feira, 11 de junho, que sua controlada ZZAB Comércio de Calçados Ltda fechou um contrato de compra e venda com a Baw Clothing Indústria e Comércio de Vestuários Ltda.

Com essa negociação fechada, a ZZAB vai adquirir a totalidade da participação dos atuais sócios da BAW - Bruno Costa Cassemunha Karra, Lucas Costa Cassemunha Karra, Celso José Maria Ribeiro Neto e Fernando Frizatti Gonçalves. Essa operação também vai tornar a Baw uma sociedade limitada unipessoal controlada pela ZZAB.

Os valores envolvidos na transação não foram divulgados, mas no comunicado, a Arezzo&Co destacou que em breve novas informações serão trazidas a público, especialmente sobre a contituidade da transação.

A Baw Clothing

As atividades da BAW incluem a modelagem, confecção, industrialização e comércio de roupas, calçados, bolsas, acessórios e vestuário de qualquer natureza, destacando-se na comercialização de produtos de sua marca própria, inclusive por meio eletrônico em domínio próprio (bawclothing.com.br), com foco em streetwear.

Fundada em 2014 pelos irmãos Bruno e Lucas Karra, a BAW se tornou um fenômeno de crescimento por entender, como nenhuma outra marca de seu segmento, o público da geração Z. Irreverente, jovem, moderna e democrática, a BAW cria uma moda cheia de atitude, oferecendo um portfólio completo de categorias em malharia com modelagens básicas e confortáveis que podem ser usadas por todos os gêneros e corpos, em uma visão genderless.

Clique aqui para acessar o documento na íntegra.

A Arezzo&Co

Fundada em 1972 em terras mineiras, a Arezzo é atualmente considerada líder em calçados, bolsas e acessórios femininos no Brasil, sendo dona de diversas marcas referências no mundo da moda, além da própria Arezzo, sendo elas: Schutz, Anacapri, Alexandre Birman, Fiever, Vans, Alme, Reserva, ZZ Mall e Troc.

O brechó online Troc, aliás, foi uma de suas últimas aquisições, finalizada em fevereiro de 2021. Em abril a companhia também chegou a fazer uma proposta à Hering para uma potencial combinação de negócios, mas ela não foi aceita.