A TC Traders Club, uma plataforma de investimentos, deseja abrir capital no Brasil. Pois, a empresa protocolou no último 19 de maio um pedido de registro de oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), operação necessária para o ingresso na Bolsa de Valores.

Segundo o prospecto preliminar divulgado, o IPO será essenciamente de distribição primária de ações, então os recursos captados irão para o caixa da TC Traders. As demais informações, como quantitativo de papéis que serão negociados e expectativas financeiras devem ser divulgadas em breve, conforme a operação tramita na CVM e caso as condições do mercado permitam a realização do IPO.

Pelo prospecto, a TC Traders disse que pretende usar os recursos levantados com a venda primária de ações no IPO para os seguintes projetos:

  • Aquisições estratégicas;
  • Investimentos em desenvolvimento e aprimoramento da plataforma do TC;
  • Investimentos em marketing.

Coordenam o IPO da TC Traders as instituições BTG Pactual - que é o coordenador líder - e o Banco Modal.

Um pouco sobre a TC Traders

Sediada na capital paulista, a TC Traders é uma plataforma de investimentos fundada em 2016 por três sócios engajados no mercado financeiro, como traders, que se conheceram em ambiente online.

Pelo prospecto do IPO, a TC diz ser "a maior plataforma social para investidores da América Latina, que conecta mais de 450 mil usuários". Os clientes da empresa são investidores do tipo pessoa física e a receita da TC Traders é composta basicamente por venda de assinaturas, serviços e cursos sobre o mercado financeiro.

Logo da TC Traders. - Imagem: Divulgação.
Logo da TC Traders. - Imagem: Divulgação.

Atuando em um mercado primissor, a TC mantém diferenciais em sua estrutura, para engajar e captar clientes, como fóruns de discussão, conteúdo digital e a TC Rádio, primeira rádio inteiramente destinada a assuntos do mercado financeiro.

Entre 2019 e 2020, a receita líquida da plataforma TC Traders saltou de R$ 5 milhões para R$ 40,12 milhões. O lucro líquido, por sua vez, aumentou de R$ 414 mil para R$ 13,15 milhões nesse mesmo período. Também mostrando um forte crescimento, em pouco tempo, o ebitda da empresa saiu de 640 mil reais para chegar a R$ 18,81 milhões em 2020.

De outro lado, nos primeiros quatro meses de 2021 a empresa teve um prejuízo de R$ 26 mil, revertendo o lucro líquido de R$ 1,651 mihão registrado nesse período de 2020, assim como pode ser visto na tabela abaixo:

Fonte: prospecto preliminar do IPO da TC Traders, protocolado na CVM.
Fonte: prospecto preliminar do IPO da TC Traders, protocolado na CVM.

IPO em 2021: 29 empresas com pedidos em análise na CVM

Mais de 20 empresas fizeram oferta pública inicial de ações (IPO) em 2021, ultrapassando um patamar de R$ 32 bilhões em movimentação no mercado brasileiro e crescendo a bolsa de valores (B3), que atualmente passa de 400 empresas listadas.

Em maio, houve os IPO's das empresas Petrorecôncavo (RECV3) e GetNinjas (NINJ3), que levantaram R$ 1,18 bilhão e R$ 554,3 milhões respectivamente, segundo os registros da CVM.

Além disso, também em maio, tivemos a abertura de capital da Dotz (DOTZ3), interrompida há semanas, a empresa resolveu fechar a operação para apenas alguns investidores, movimentando R$ 390,7 milhões e estreando na B3 em 31 de maio no Novo Mercado.

Assim, apesar de diversas empresas desistirem de fazer IPO nos últimos meses, a CVM ainda possui uma longa lista de 33 empresas interessadas em abrir capital.

Veja abaixo quais as 29 empresas que atualmente possuem pedido de IPO protocolado na CVM em análise em 2021:

IPO pendente em 2021 - pedidos em análise na CVM
Empresa Entrada do pedido na CVM Situação da oferta
Cortel Holding S.A. 23/11/2020 Interrompida
Igua Saneamento S.A. 07/12/2020 Interrompida
Guararapes Painéis S.A. 16/12/2020 Interrompida
Nadir Figueiredo S.A. 05/02/2021 Em andamento
LG Informática S.A. 08/02/2021 Interrompida
Nova Harmonia S.A. 10/02/2021 Em andamento
Entalpia Participações S.A. 18/02/2021 Em andamento
Hospital Care Caledonia S.A. 18/02/2021 Interrompida
Laboratório Teuto Brasileiro S.A. 19/02/2021 Em andamento
Três Tentos Agroindustrial S.A. 19/02/2021 Interrompida
Livetech da Bahia Indústria e Comércio S.A. 22/02/2021 Interrompida
São Salvador Alimentos S.A. 23/02/2021 Em andamento
Kora Saúde S.A. 25/02/2021 Interrompida
Rio Branco Alimentos S.A. 26/02/2021 Em andamento
Bionexo S.A. 01/03/2021 Interrompida
Rio Energy S.A. 03/03/2021 Em andamento
Athena Saúde S.A. 10/03/2021 Interrompida
Ubook Editora S.A. 12/03/2021 Interrompida
CDF Assistência e Suporte Digital S.A. 16/03/2021 Em andamento
Hortigil Hortifruti S.A. 22/04/2021 Em andamento
Armac Locação, Logística e Serviços S.A. 10/05/2021 Em andamento
Unifique Telecomunicações S.A. 11/05/2021 Em andamento
Multilaser Industrial S.A. 14/05/2021 Em andamento
Invest Tech S.A. 17/05/2021 Em andamento
Companhia Brasileira de Aluminio 17/05/2021 Em andamento
CSN Cimentos S.A. 17/05/2021 Em andamento
Smart Fit S.A. 18/05/2021 Em andamento
Desktop - Sigmanet Comunicação Multimídia S.A. 19/05/2021 Em andamento
TC Traders Club S.A. 19/05/2021 Em andamento
Conasa Infraestrutura 31/05/2021 Em andamento
Brisanet 01/06/2021 Em andamento
Trocafone 02/06/2021 Em andamento
Raízen 03/06/2021 Em andamento
Consulta feita no site da CVM em 04/06/2021