Você gostaria de acessar de forma rápida e segura, pela internet, relatórios contendo informações sobre seus relacionamentos com instituições financeiras, suas operações de crédito e de câmbio, bem como suas chaves PIX, tudo em um só lugar? Saiba que o Banco Central do Brasil tem uma ferramenta que oferece justamente esses serviços: o Registrato.

Lançada em março de 2021, qualquer pessoa, brasileira ou estrangeira, que possua um CPF pode utilizar o serviço e o acesso ao sistema Registrato é gratuito. Os relatórios fornecidos são compostos por informações enviadas pelas instituições financeiras e, ao longo dos meses, o BC foi aprimorando a ferramenta.

Inicialmente, por exemplo, uma de suas principais funções era a consulta a todas as chaves-pix de uma mesma pessoa, em todos os bancos e instituições financeiras. Mais recentemente, porém, ela se tornou famosa por tambémm mostrar à população se ela tem valores a receber dessas mesmas instituições.

Confira abaixo todas as informações sobre o Registrato.

Quais informações consultar no Registrato

As informações que podem ser consultadas por meio da ferramenta são as seguintes.

  1. Pesquisa de valores que você tem direito a receber de bancos, administradoras de consórcio e outros.
  2. Informações sobre empréstimos e financiamentos em seu nome.
  3. Lista dos bancos e financeiras onde você possui conta ou outro tipo de relacionamento, como investimentos.
  4. Relação dos seus cheques que foram devolvidos.
  5. Consulta a suas dívidas com órgãos públicos inscritas no Cadin Federal.
  6. Indicação das suas chaves Pix cadastradas em bancos, instituições de pagamento e outros.
  7. Dados sobre operações de câmbio e transferências internacionais que você realizou.
  8. Se você não possui conta ativa em um banco, pode emitir a certidão de inexistência de contas em bancos.

Como acessar

Para acessar os dados, o primeiro passo é ter um cadastro no Registrato. O principal documento solicitado é o CPF da pessoa que quer acessar seus dados. As formas de se cadastrar e acessar são as seguintes:

Pelo celular:

Acessando o aplicativo do seu banco, procurando a opção Registrato, você será encaminhado para o credenciamento na página do Banco Central e então é só acessá-lo.

Esta opção está disponível nos aplicativos das seguintes instituições financeiras:

  • Banco do Brasil;
  • Bradesco;
  • Caixa Econômica;
  • Itaú;
  • Santander;
  • Sicoob;
  • Sicredi.

Pelo Internet Banking:

Obtenha uma frase de segurança na página do Banco Central (acesse https://credenciamento.bcb.gov.br/via-bcb/0 e preencha seus dados para obter a frase), em seguida acesse o Internet Banking do seu banco pelo computador e procure a opção Registrato para validar a frase de segurança, então conclua o credenciamento na página do Banco Central para a qual você será direcionado. Agora é só acessar o registro.

Com certificado digital (e-CPF A1 ou A3):

Pelo seu computador, acessando o site do Banco Central, utilize o e-CPF para obter uma senha de acesso. Em seguida é só acessar o registro.

O que é o e-CPF? É uma Identidade Digital destinada a pessoas físicas, o seu CPF em versão digital, que te identifica no meio eletrônico e permite realizar diversos serviços. Para obter um e-CPF é necessário acessar o site da Receita Federal, no endereço servicos.receita.fazenda.gov.br/Servicos/CPF/InscricaoPublica/inscricao.asp e preencher o formulário com suas informações. Para a emissão do e-CPF são cobradas algumas taxas que variam de acordo com o tipo de documento (se A1 ou A3).

Com o login Gov.br:

Se o usuário já tiver um cadastro no Sistema Gov.br, ele poderá utilizar esse login para acessar o Registrato sem ter que, necessariamente, criar um novo cadastro para o Registrato.

Porém, o BC alerta que o acesso ao Registrato com o cadastro Gov.br só está liberado para aqueles que tenham o nível prata ou ouro nesse sistema.

Pelo 'Minha Vida Financeira':

Outra forma ainda é pela seção "Minha Vida Financeira" do site do Banco Central. A partir dela o cidadão tem acesso à lista dos relatórios disponíveis e ao botão "Acesse o Registrato gratuitamente", bem no totpo do página.

Clicando nele, o usuário será redirecionado para uma página do Registrato onde poderá fazer o login (caso já tenha) ou criar um novo.

O Banco Central ressalta que os relatórios fornecidos por meio do Registrato contêm informações de caráter pessoal e sigiloso e que por isso, cabe ao cidadão observar os devidos cuidados na apresentação dessas informações a terceiros.

E se eu encontrar informações incorretas?

Caso você constate ou suspeite de informações incorretas, é necessário entrar em contato com a instituição financeira prestadora da informação objeto do questionamento.

Entretanto, é preciso levar em consideração que as informações disponibilizadas no relatório não são atualizadas em tempo real, ou seja, há uma defasagem entre envio dessas informações pelas instituições financeiras e a apresentação delas por meio dos relatórios do Registrato.