O PicPay é uma startup criada em 2012 na cidade de Vitória no estado do Espírito Santo, e atualmente é considerado o maior aplicativo de pagamentos do Brasil. Em 2019, com o crescimento de seus clientes, o PicPay superou a barreira dos 20 milhões. A fintech lançou então o cartão de crédito PicPay.

Cartão PicPay

Em 2013, o PicPay lançou a opção de pagamento P2P (pagamento pessoa para pessoa). O banco Original grande parte adquirida de seu aplicativo. Foi então que o PicPay ofereceu, em 2017, a opção de pagamentos voltada para empresas.

Em 2019 foi feito o lançamento do cartão, podendo possibilitar ao cliente o rendimento do saldo deixado pelo cliente na carteira digital.

De acordo com o PicPay, hoje, mais de 2,5 milhões de estabelecimentos em todo o país aceitam o meio de pagamento.

Então, vale a pena o cartão de crédito PicPay?

Como funciona o PicPay

O PicPay surgiu para adicionar as carteiras digitais, um método de pagamento que dispensa o uso do dinheiro e dos cartões de débito e crédito físicos.

Com o PicPay é possível receber pagamentos por meio de boletos, transferências bancárias (TED e DOC) ou cartão de débito.

A financeira permite que o cliente PicPay saque seu dinheiro da carteira em um terminal do Banco24Horas, transfira seu dinheiro para outro banco ou utilize para fazer pagamentos a outros usuários.

Outra possibilidade é realizar pagamentos, por meio da transferências de valores entre usuários PicPay.

Outra forma de pagamento é pela opção da leitura de um QR Code com a câmera do smartphone, O cliente também tem a opção de quitação de valores para empresas credenciadas. Porém, é preciso se cadastrar no aplicativo para ter acesso a essas funcionalidades.

PicPay para empresas

Há duas modalidades do PicPay para empreendedores, sendo elas para:

  • autônomos;
  • profissionais liberais e pessoas jurídicas (PJ).

Existem tipos específicos para microempreendedor individual (MEI), divididos em pequenas, médias ou grandes empresas e, também, para e-commerce.

Para Microempreendedor Individual (MEI) e para as Grandes empresas, ambas têm as opções de venda no crédito ou débito sem taxas de maquininha, acompanhamento das transações em tempo real e valor da venda cai direto na conta bancária. Já nas Pequenas empresas, não se repete a opção de venda no crédito ou débito sem taxas de maquininha, porém as demais são iguais.

Cartão de crédito PicPay

O cartão de crédito PicPay, ou PicPay Card, é sem cobrança de anuidade, uma facilidade e uma vantagem para o cliente e ainda oferece até 5% de cashback em compras.

O usuário realiza pagamentos via QR Code (nos estabelecimentos online e físicos que aceitam) ou nas maquininhas da Cielo.

O cartão tem a opção do cartão virtual para uso de aplicativos e compras pela internet e também é possível solicitar um cartão físico.

O PicPay disponibiliza a bandeira Mastercard, que pode ser utilizado diretamente nas maquininhas, inclusive por meio de pagamentos contactless (por aproximação).

Como o cartão PicPay não está ligado a uma conta digital, por enquanto não é possível fazer transferências para contas de bancos.

Por ser uma carteira digital, o PicPay oferece rendimento relativo a 100% do CDI do valor que está depositado na carteira.

A proposta do cartão será um meio para expandir a aceitação do PicPay no mercado e atrair mais clientes para o aplicativo,

Como solicitar o seu cartão PicPay

Caso você seja cliente PicPay e queira o cartão de crédito da fintech, não há a possibilidade de solicitar o cartão via aplicativo ou site, já que o cadastro só é possível via convite.

Porém, pode adiantar o processo se cadastrando na lista de espera no próprio site do PicPay. Essa lista serve como uma triagem para que o seu perfil seja analisado conforme os critérios da empresa.

Para se cadastrar basta acessar esta página e inserir os seus dados.

Limite do PicPay Card

O limite do PicPay Card está disponível pelo aplicativo, que está disponível para celulares com iOS ou Android. No aplicativo é possível controlar toda a sua conta do PicPay, também tem acesso as funcionalidades tradicionais ao app de um banco, como:

  • controle de faturas;
  • acesso ao limite;
  • histórico de compras;
  • informações pessoais e referentes ao cartão.