Uma análise divulgada pela casa de análise Levante nesse fim de semana, indicou que o preço do Bitcoin (BTC) pode chegar a US$ 100 mil até o fim de 2021. Esse balanço saiu poucos dias após uma queda muito significativa no preço da criptomoeda, que chegou a ser negociada a US$ 33 mil na quarta-feira, dia 19 de maio.

A análise divulgada pela Levante utiliza uma base parâmetro de precificação do BTC chamada stock-to-flow, que é o modelo de valuation do Bitcoin. Ele surgiu em 2019 e calcula o preço do Bitcoin com base em sua escassez, o mesmo modelo utilizado para calcular o valor de algumas commodities, como ouro, prata, etc.

Ele considera que existem 21 milhões de unidades do Bitcoin e a partir disso se faz um cálculo em que se divide o estoque (reservas existentes do ativo) pelo fluxo (a quantidade minerada por ano). A partir disso é possível ter uma noção do valor de mercado e sua relação com a taxa de produção anual.

Cálculo do Valuation

Na análise, a Levante também aponta que esse dado vem sendo consistente com os Halvings pelos quais o Bitcoin passa a cada quatro anos. O que é Halving? São as diminuições do valor da criptomoeda pela metade.

Observando gráficos, é fácil perceber que, de fato, isso vem acontecendo e agora, em 2021, nos estaríamos vivendo o terceiro grande Halving do Bitcoin. Veja na imagem abaixo compatilhada pela Levante:

Histórico de Halvings relacionados ao Bitcoin nos últimos anos. Créditos: Reprodução/Levante
Histórico de Halvings relacionados ao Bitcoin nos últimos anos. Créditos: Reprodução/Levante

Sempre que isso acontece, há um choque na oferta e no preço. A partir da lei da oferta e da procura, na sequência de um Halving, o preço do BTC logo começa a ter crescimento novamente.

A partir desse modelo, que segundo a Levante vem acertando nos últimos anos, ainda que também não seja perfeito, calcula-se que nos próximos meses, nessa segunda metade de 2021, o Bitcoin vai registrar novas altas.

O stock-to-flow aponta que o Bitcoin está sendo negociado atualmente por um valor bem abaixo do justo, considerando aquela relação de estoque e fluxo. O valor justo nesse momento seria de cerca de US$ 56 mil.

Valuation do Bitcoin nesse momento na comparação com o valor atual. Créditos: Reprodução/Levante
Valuation do Bitcoin nesse momento na comparação com o valor atual. Créditos: Reprodução/Levante

E com base nesse mesmo modelo a previsão é de que o BTC pode chegar ao preço de US$ 100 mil até o final de 2021.

O cálculo é complexo e esses modelos baseados em previsões não podem ser considerados 100% confiáveis, como aponta a própria analista da Levante que apresentou esse balanço, no entanto, essa informação anima muitos entusiastas das criptomoedas.

Nos últimos dias a principal criptomoeda do mercado sofreu fortes oscilações. Depois da grande queda na quarta-feira passada, o BTC chegou a custar US$ 42 mil na quinta-feira, dia 20, mas voltou a cair no fim de semana chegando a US$ 31,8 mil no domingo, 23 de maio. Nessa segunda-feira, 24, ela iniciou com uma alta, sendo negociada por cerca de US$ 38 mil por volta das 9 horas.

Veja abaixo a análise completa da Levante sobre o Valuation do Bitcoin: