A Bolsa de Valores B3 (B3SA3) e a operadora de software Totvs (TOTS3) anunciaram em 12 de julho que as companhias assinaram um acordo para criação de nova empresa de tecnologia, focada em serviços financeiros.

Segundo o anúncio, a B3 entrará com um aporte inicial de R$ 600 milhões para adquirir uma fatia de 37,5% do capital social da TFS Soluções em Software, que é subsidiária da Totvs - esta que ficará sendo titular do restante das ações. Com isso, após esse investimento, a TFS atingirá um valor de mercado de R$ 1,6 bilhão e virá ao mercado com destaque.

Com aporte da B3, TFS será expandida; Totvs segue como controladora

Sediada em São Paulo, a TFS é uma empresa controlada pela Totvs - e que agora terá a B3 como sócia em um novo ciclo -, tendo um time com 400 pessoas e um portfólio de diversas plataformas relacionadas à administração de serviços do mercado financeiro. Em 2020, a receita líquida da empresa atingiu quase R$ 140 milhões, segundo o documento divulgado pela Totvs.

Entre os sistemas da TFS estão uma plataforma de fundos de investimentos, um software de Core Banking focada em bancos de pequeno e médio porte e uma plataforma de gestão e processamento de operações do chamado cartão Private Label.

"Com management renovado, total autonomia e foco no efervescente segmento de tecnologias B2B para o mercado financeiro e de fintechs, a TFS inicia uma nova etapa, contando com dois dos principais players do segmento - TOTVS e B3 - para ampliar investimentos em inovação e aumentar o portfólio de soluções e de clientes, por meio de desenvolvimentos orgânicos, parcerias e aquisições, com o objetivo de ser a principal opção de tecnologia B2B para o setor financeiro", disse a Totvs pelo documento divulgado.

A negociação entre a B3 e Totvs ainda depende de ajustes finais, bem como de aprovação dos órgãos competentes, que deverão analisar, por exemplo, o impacto da nova empresa para a concorrência no país.

Segundo o CEO da B3, Gilson Finkelsztain, a parceria com a Totvs na TFS faz parte dos planos da companhia em diversificar o portfólio e expandir o empreendimento. "A escolha da TOTVS, a mais destacada empresa brasileira de software, como sócia, fortalece a capacidade de sucesso em um mercado competitivo e que requer competências complementares às que a B3 desenvolveu", explica o CEO.

Por sua vez, a nova TFS terá como CEO o ex-vice-presidente da Linx, Denis Piovezan, que já passou por outras grandes companhias, como Banco Ibi, WalMart e Smiles (SMLS3).

- Veja o documento sobre a parceria entre B3 e Totvs.

TOTS3 e B3SA3 em alta

Em meio ao anúncio da parceria, os papéis das empresas operam em alta. Ontem (12) a ação da Totvs (TOTS3) e a da B3 (B3SA3) fechou em alta de 0,99% e 3,47% respectivamente.

Já nesta terça-feira (13), a B3SA3 estava em alta diária de 1,80% às 15h53min, aos R$ 17,01. Por sua vez, a TOTS3 atingia R$ 38,33 por volta das 15h55min, com valorização de 1,56%.