Indicadores são muito importantes para que a empresa possa ser administrada da melhor maneira possível. Aumentar as receitas, reduzir riscos, custos e despesas são maneiras que a empresa encontra de gerar valor. Alguns indicativos como o ROI (Retorno sobre o Investimento), mostra exatamente isso. Além do ROI, o ROA (Retorno Adicional Sobre o Investimento) e o ROE (Retorno sobre o Patrimônio Líquido), também são indicadores financeiros expressos em forma percentual (%) que servem para analisar o retorno de um investimento de diversas formas. Neste artigo, você vai saber um pouco mais sobre eles.

O que são e como calcular o ROI, ROE e ROA

Muito bem, como mencionado acima, o ROI, ROE e ROA são indicadores financeiros e cada um deles analisa algo diferente. Mais abaixo você vai entender para que serve cada um deles e como fazer os cálculos para analisar os resultados.

ROI (Taxa de Retorno do Investimento)

Por fim, chegamos ao ROI, indicador que transforma a receita, os custos e os investimentos em uma taxa percentual. Para chegar ao ROI, basta seguir a fórmula abaixo:

ROI = Lucro operacional / investimentos

Para se obter um melhor resultado do ROI, é preciso que a empresa aumente o lucro operacional. Outra possibilidade é diminuir os investimentos.

ROE (Taxa de Retorno Sobre o Patrimônio Líquido)

Este indicador mostra o retorno sobre o capital que os sócios injetaram na empresa. Assim, é possível fazer uma análise sobre o retorno do investimento, se está valendo a pena ou não e se o risco compensa. Para calcular o ROE, também é utilizada uma fórmula que você confere mais abaixo:

ROE = Lucro após IR x 100 / Patrimônio líquido

ROA (Retorno Adicional Sobre o Investimento)

Este indicador também é conhecido como retorno sobre os ativos. Ele indica o retorno da empresa sobre o capital aplicado em ativos durante um determinado período. Para chegar ao ROA da empresa, é preciso utilizar a fórmula que mostraremos mais abaixo.

O ROA é igual a margem x giro para chegar a isso, é preciso antes descobrir a margem e o giro nas seguintes fórmulas:

Margem = Lucro líquido x 100 / Vendas líquidas

Giro = Vendas líquidas / Ativos

Como observado nas fórmulas acima, conseguimos perceber que conforme o lucro líquido aumenta, a margem irá melhorar. Assim, os custos e despesas ficam menores. Em relação ao giro, conforme as vendas líquidas forem aumentando recursos em ativos for diminuindo, o giro irá aumentar.

Analisando os indicadores de retorno

O resultado das fórmulas acima deverão mostrar qual a porcentagem a empresa está gerando valor para cada real gasto em ativos (ROA), em patrimônio líquido (ROE) e sobre os investimentos (ROI). Abaixo seguem alguns exemplos:

  • Se o ROA for 22%, significa que a cada R$ 1,00 investido em ativos, a empresa está lucrando R$ 0,22.
  • Se o ROE fosse também 22%, entende-se que a cada R$ 1,00 investido pelos sócios haveria um ganho de R$ 0,22.
  • Se o ROI fosse igualmente 22% daria a entender que cada R$ 1,00 investido na empresa, haveria uma geração de valor (retorno sobre investiment) de R$ 0,22.

Então, gostou do artigo?