O Imposto de Renda (IR) é um dos tributos mais importantes do nosso país. Como o nome já diz, o Imposto de Renda é sobre a renda brasileiro e é um imposto federal. Ele calcula tudo que a pessoa ganhou no ano anterior.

Neste ano, é esperado receber até 32.619.749 declarações. No ano anterior foram enviadas 31.980.146 para a Receita Federal.

Quem precisa declarar o Imposto de Renda 2022?

Vamos entender o que é o Imposto de Renda, como ele funciona e quem precisa declarar no ano de 2022.

O que é e como funciona o IR?

O Imposto de Renda 2022 é um tributo cobrado todos os anos pelo governo federal referente aos ganhos de pessoas físicas e pessoas jurídicas. Essa declaração é feita no início do ano, entre os meses de março e abril.

O valor para a declaração é sempre sobre os rendimentos declarados. Assim, o valor a ser pago é referente ao que foi recebido. Se a pessoa tiver uma renda alta, sua cobrança será maior do que aqueles que foram menores.

Tecnicamente, o Imposto de Renda é o valor descontado sobre os rendimentos anuais de trabalhadores e empresas brasileiras.

Nessa lista de rendimentos estão: os salários mensais, prêmios de loterias, investimentos e aluguéis. Seu objetivo é fazer com que todos os brasileiros que estejam dentro das regras de obrigatoriedade, comprove para o governo que seus ganhos e seus bens do ano anterior foram todos realizados de forma legal perante a lei.

Qual a diferença entre IRPF e IRPJ?

Pelo fato do IR ser uma tributação que é aplicada para pessoas e empresas, ele é dividido em duas categorias. Vamos entender melhor como funciona cada uma delas.

Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF)

O IRPF é um tributo direcionado para as pessoas físicas. Todos os cidadãos brasileiros que tiveram ganhos maiores que R$ 28.559,70 precisam realizar a declaração do IR.

Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ)

O IRPF é um imposto cobrado somente para as empresas, corporações e grupos empresariais. Seu cálculo tem base no lucro obtido no ano anterior, podendo ser do tipo real, presumido ou arbitrado.

Atualmente, a alíquota fixa do IRPF no Brasil é de 15% sobre o lucro total da empresa, e ainda tem um adicional de 10% sobre a parcela do lucro que exceder R$ 20 mil ao mês.

Afinal, quem precisa declarar o Imposto de Renda 2022?

O texto aprovado pela Câmara dos Deputados é referente à reforma do IR e sobre as mudanças para a pessoa física. Ele ainda integra um pacote de medidas tributárias propostas pelo atual governo.

Para as pessoas físicas, o projeto atualiza as faixas de isenção da tabela do IRPF. Por esse motivo, mais pessoas estarão isentas do imposto em 2022. Porém, esta mudança também diminui o limite de desconto no modelo simplificado.

Novos isentos

Conforme o novo projeto, a faixa de isenção vai de R$1.903,98 para R$2,5 mil, havendo uma correção de 31%. Com isso, 5,6 milhões de brasileiros deixarão de pagar o imposto.

O número de isentos iria de 10,7 milhões para 16,3 milhões de pessoas. Para os demais trabalhadores CLTs, haveria um desconto menor em seu contracheque. As outras faixas de isenção também terão atualização, porém menor, por volta de 13%.

Nova tabela do Imposto de Renda

  • Até R$ 2.500 — alíquota de 0% (isento)
  • De R$ 2.500,01 até R$ 3.200 — alíquota de 7,5%
  • De R$ 3.200,01 até R$ 4.250 — alíquota de 15%