A empresa Arezzo (ARZZ3) anunciou ao mercado recentemente que o conselho de administração aprovou um pagamento de R$ 2,5 milhões entre os acionistas, em forma de dividendos suplementares relativos ao ano de 2020.

Segundo o documento divulgado, terá direito a esses dividendos quem comprou as ações da empresa até o dia 29 de abril, sendo que o pagamento dos recursos vai ser realizado até o final de 2021.

O pagamento prevê um valor de R$ 0,02 por ação que não sofrerá reajustes, e não haverá cobrança de imposto de renda. Veja abaixo as principais informações sobre o próximo dividendo da Arezzo:

  • Valor total dos dividendos: R$ 2,5 milhões
  • Valor por ação (ARZZ3): R$ 0,02 (0,02592076985)
  • Ano de referência: 2020
  • Data do pagamento: até o final de 2021
  • Data-com: 29 de abril de 2021
  • Data-ex: 30 de abril de 2021

- Veja o comunicado do próximo dividendo da Arezzo na íntegra.

Resultados da Arezzo (ARZZ3)

O grupo Arezzo teve um lucro líquido de R$ 87,3 milhões em 2020, o que apresenta uma retração de 38% em relação a 2019. De outro lado, houve crescimento anual de 77,8% no lucro do quarto trimestre de 2020.

Por sua vez, a receita líquida aumentou em 37,8% no último trimestre do ano, mas a companhia saiu de 2020 com uma receita de R$ 1,6 bilhão em uma modesta redução de 4%.

Mesmo em meio à crise de covid-19, a Arezzo fechou o ano de 2021 com 44 aberturas de lojas, totalizando 901 unidades.

Segundo o atual calendário corporativo, os resultados da Arezzo referentes ao primeiro trimestre de 2021 (1T21) deve ocorrer no próximo dia 11 de maio.

Em fevereiro de 2021, a Arezzo deu como finalizada a aquisição de quase 75% do capital do brechó online Troc. Já marcando o segundo trimestre do ano, em 27 de abril, a companhia anunciou ao mercado que sua proposta feita à Hering para uma potencial combinação de negócios não foi aceita.

Fundada em 1972 em terras mineiras, a Arezzo é atualmente considerada líder em calçados, bolsas e acessórios femininos no Brasil, sendo dona de diversas marcas referências no mundo da moda, além da própria Arezzo, sendo elas: Schutz, Anacapri, Alexandre Birman, Fiever, Vans, Alme, Reserva, ZZ Mall e a novata do grupo Troc.