Prestes a realizar sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), o Nubank está dando a oportunidade para que seus clientes se tornem sócios e recebam, gratuitamente, se quiserem, um BDR (Brasilian Depositary Receipt) do banco que será listado na NYSE e na B3 simultaneamente. Porém, há uma pergunta que ficou no ar: se eu aceitar o BDR, vou ter que começar a declarar imposto de renda a partir de 2022 (caso ainda não faça)?

Essa pergunta pode ter surgido na cabeça de muitas pessoas porque a partir do momento que alguém faz qualquer tipo de transação em bolsa de valores, ela precisa começar a declarar o IR, mesmo que sua renda não se enquadre no grupo que precisa fazer a declaração anual obrigatoriamente.

Apenas para lembrar: atualmente a entrega é obrigatória para quem recebeu acima de R$ 28.559,70 em rendimentos tributáveis no ano anterior. Isso equivale a um salário acima de R$ 1.903,98, incluído o décimo terceiro.

Então, por um lado, essa oportunidade que o Nubank está dando, poderá ser o pontapé inicial para que muitos brasileiros que ainda não são investidores, comecem a se interessar um pouco mais pelo assunto e acabem adquirindo, além do BDR do Nubank, outros ativou ou ações de outras empresas. Por outro lado, essas pessoas precisarão estudar sobre o funcionamento do mercado financeiro e aprender sobre seus direitos e deveres dentro desse universo.

Então, abaixo, comece entendendo se será necessário declarar o BDR do Nubank no IR de 2022.

Vou precisar declarar meu "pedacinho" do Nubank no Imposto de Renda 2022?

A resposta é não! No de IR de 2022 (que é referente ao ano de 2021) ele não precisará ser declarado. Porém, mais adiante, sim. Isso porque o BDR que o Nubank está oferecendo só poderá se negociado 12 meses após a entrada do banco na bolsa de valores. Ou seja, depois de um ano o cliente poderá decidir se quer ficar com o BDR ou vendê-lo e resgatar o valor do ativo. E só quando isso acontecer é que o investidor que ganhou o BDR terá que fazer a declaração para a Receita Federal.

Portanto, o BDR do Nubank terá que ser declarado apenas lá em 2023 para a maioria dos novos investidores que aceitarem receber o "pedacinho", como o próprio banco está chamando o ativo. Mas até la, os clientes com os BDRs terão bastante tempo para se familiarizar com o IR, para estudar e aprender a declará-lo (aqui no Poupar Dinheiro você encontra e ainda encontrará várias matérias e artigos que vão explicar o passo a passo da declaração).

E quem investir no Nubank, terá que declarar em 2022?

Porém, se você decidir investir no Nubank para além do BDR que será doado pelo banco, ou seja, se você optar por comprar mais BDRs diretamente na B3, deverá, sim, declarar esse investimento no Imposto de Renda de 2022 porque aí, nesse caso, você já estará fazendo negociações diretamente com a B3 em 2021.

Se você já tem outros investimentos, então esse será apenas mais um ativo a declarar. E se esse for o seu primeiro ano como investidor e ainda não teve a experiência de fazer uma declaração de IR, então, mais uma vez fica a dica: aqui no Poupar Dinheiro você encontra e ainda encontrará várias matérias e artigos que vão explicar o passo a passo da declaração e te ajudar nesse processo mais adiante.

Então, se você já é um investidor ou decidir por começar a ser a partir de agora: bons investimentos e rendimentos!

- Também sugerimos que você entre no nosso canal do Telegram para não perder nenhuma informação importante.