A empresa Ecorodovias Infraestrutura (ECOR3) anunciou nesta sexta-feira, 11 de junho, que fará uma nova emissão de ações, um follow-on, com esforços restritos, destinada apenas a alguns investidores qualificados, como instituições financeiras e pessoas que tenham mais de R$ 10 milhões investidos.

Segundo o documento divulgado pela empresa, o follow-on passou por aprovação em reunião do Conselho de Administração feita em 9 de junho deste ano e contará com oferta primária e secundária de ações do tipo ordinária.

Com os recursos levantados com a oferta primária - que devem ser destinados à empresa realizadora da operação por regra -, a Ecorodovias dissse que pretende usar 15% do dinheiro para reforçar o caixa e 85% do montante captado para investimentos em algumas empresas controladas com o bjetivo de manter e expandir os negócios.

Follow-on da Ecorodovias (ECOR3)

O follow-on da Ecorodovias será de distribuição primária de 137,6 milhões de ações e distribuição secundária de até 34,4 milhões de papéis, segundo o documento divulgado pela empresa. Além disso, também poderá ser negociado um lote adicional de até 25% da oferta base, caso haja alta procura.

De forma, inicialmente, serão ofertadas mais de 172 milhões de ações ECOR3 no follow-on da Ecorodovias, conforme a demanda. Por um lado, os recursos levantados com a oferta primária serão destinados ao caixa da empresa, já o montante da distribuição secundária, por sua vez, irá para as mãos dos acionistas vendedores.

Apesar da oferta restrita da Ecorodovias ser feita no Brasil, também "serão realizados esforços de colocação das Ações no exterior pelo BTG Pactual US Capital LLC, pelo Bradesco Securities, Inc., pelo Itau BBA USA Securities, Inc., pelo BofA Securities, Inc. e pelo UBS Securities", consta no documento divulgado.

Considerando um preço por ação de R$ 13,22 - da cotação registrada em 8 de junho -, o follow-on das ofertas primária e secundária poderia levantar R$ 1,8 bilhão; somando também o lote adicional, caso seja negociado, a operação poderia chegar a R$ 2,2 bilhões.

Segundo o documento divulgado, a oferta será restrita a apenas alguns tipos de investidores, tanto no Brasil quanto no exterior, sendo eles:

  • Instituições financeiras e demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil;
  • Companhias seguradoras e sociedades de capitalização;
  • Entidades abertas e fechadas de previdência complementar;
  • Pessoas naturais ou jurídicas que possuam investimentos financeiros em valor superior a R$10 milhões;
  • Fundos de investimento;
  • Clubes de investimento;
  • Agentes autônomos de investimento, administradores de carteira, analistas e consultores de valores mobiliários autorizados pela Comissão de Valores Mobiliários.

Pelo cronograma, a fixação do preço por ação está marcada para o dia 22 de junho. Caso tudo ocorra conforme o planejamento atual, as novas ações (ECOR3) vão estrear na bolsa de valores brasileira (B3) em 24 de junho. Veja abaixo o atual calendário do follow-on da Ecorodovias:

Calendário atual do follow-on da Ecorodovias (ECOR3) em junho de 2021. - Imagem: Divulgação/Ecorodovias.
Calendário atual do follow-on da Ecorodovias (ECOR3) em junho de 2021. - Imagem: Divulgação/Ecorodovias.