Hoje em dia a maior parte das pessoas utiliza os streamings para assistir filmes e séries e são várias as opções disponíveis, com diferentes serviços, voltados para diferentes públicos, expectativas e necessidades. Porém, eles também possuem diferentes preços e na busca por aquele que mais atenda os seus desejos, o valor é um fator importante, especialmente em tempos de economia retraída, inflação alta e cortes de gastos nos orçamentos.

Pensando nisso, o Poupar Dinheiro elaborou uma tabela que mostra quanto custa cada um dos principais streamings de vídeo da atualidade. Estamos considerando aqui a Netflix, o Prime Video, HBO Max, a Disney+ e a Globoplay.

Abaixo vamos falar um pouco mais sobre eles pra que você possa compará-los. Esperamos te ajudar a decidir qual o melhor e qual vale mais a pena para você. Continue a leitura.

O que são os streamings?

Streaming é a transmissão, em tempo real, de dados de um servidor para um aparelho – como computador, celular ou smart TV. Um servidor, por sua vez, é uma espécie de computador que armazena conteúdos. Entre os serviços de streaming disponíveis, estão aqueles relacionados à música (como o Spotify, Deezer, Apple Music, por exemplo) e também aqueles ligados ao audiovisual (de filmes e séries, como Netflix, Prime, Globoplay).

O funcionamento desses streamings depende, na maior parte dos casos, de internet já que é preciso algum tipo de conexão entre o aparelho e o servidor. Para que seja possível acessar o conteúdo que o streaming oferece, ocorre como que uma troca de dados entre seu aparelho e esse computador central. Especialmente se o usuário estiver assistindo em tempo real, porque nesse caso, as informações são transmitidas de um para o outro em "pacotes" ou "pedaços".

Entretanto, a maior parte dos streamings também já permite o download de seus conteúdos. Nesse caso, porém, quando alguém baixa o conteúdo do servidor, ele precisa esperar para receber todo o conteúdo para só então poder começar a assistir ou ouvir. Vale lembrar ainda que quando o download é feito, o arquivo passa a ficar armazenado no aparelho. Ja no streaming, o arquivo fica só na plataforma, no servidor. Sem ocupar muito espaço de armazenamento para isso.

Nos últimos anos uma grande diversidade desse tipo de serviço surgiu e transformou a forma como consumimos conteúdo (antes a gente utilizava CDs, DVDs ou até mesmo VHS (quem aí lembra?). Outra opção era esperar que passasse na TV (por assinatura - a cabo - ou aberta). Hoje até mesmo as novelas que passam em determinados horários na TV aberta podem ser assistidas em alguns streamings depois, ou seja, não precisa mais adaptar a rotina ao horário do seu programa favorito. É só assistir ele na hora que quiser no serviço de streaming.

Porém, naturalmente esses serviços tem um custo e portanto, apesar de divertidos e de serem tentadores (dá vontade de assinar tudo), é preciso tomar cuidado pra não comprometer o orçamento. Então, confiram abaixo os preços de cada um deles.

Netflix elevou os preços em julho

A Netflix, por exemplo, anunciou no dia 22 de julho, que iria aumentar o preço de seus serviços. Ela estava desde março de 2019 sem reajustar seus valores e agora o aumento será de até 21,8%.

Dessa forma, o plano mais barato passou a custar R$ 25,90 (veja a tabela mais abaixo). Para os que já são assinantes, os preços vão começar a valer a partir da próxima renovação da assinatura e para os novos clientes o novo valor já está valendo.

“Acreditamos que as pessoas tenham mais escolhas do que nunca e estamos comprometidos com a entrega de uma experiência ainda melhor para nossos assinantes. Continuaremos oferecendo os melhores conteúdos, entre filmes e séries, além de uma variedade de gêneros. De novas temporadas de La Casa de Papel e The Witcher a Sintonia, passando por um filme por semana, como Justiça em Família, a trilogia Rua do Medo e Carnaval”, comunicou a Netflix.

A Netflix estreou no Brasil em 2011 cobrando R$ 14,99 mensais, com um mês grátis.

Veja os preços e compare

Abaixo confira os principais plano de cada plataforma e os preços cobrados por elas por cada um desses serviços.

Netflix:

Plano Preço
Plano básico (1 tela): R$ 25,90
Plano padrão (2 telas, qualidade de vídeo em Full HD): R$ 39,90
Plano Premium (4 telas, qualidade de vídeo em Ultra HD, HDR, Dolby Atmos): R$ 55,90

- Clique aqui para conferir detalhes e/ou assinar a Netflix.

Prime Vídeo:

Plano Preço
Prime Video (embutido no Amazon Prime) R$ 9,90 por mês

- Clique aqui para conferir detalhes e/ou assinar a Prime Vídeo.

Disney Plus:

Plano Preço
Disney Plus R$ 27,90 por mês ou R$ 279,90 por ano

- Clique aqui para conferir detalhes e/ou assinar a Disney+.

HBO Max:

Plano Preço
Plano Celular R$ 19,90 por mês
plano Multitelas R$ 27,910 por mês

- Clique aqui para conferir detalhes e/ou assinar a HBO Max.

Globoplay:

Plano Preço
Globoplay - Anual: R$ 19,90 mensais
- Mensal: R$ 22,90 mensais
Globoplay + canais ao vivo - Anual: R$ 42,90 mensais
- Mensal: R$ 49,90 mensais

Entre os pacotes disponibilizados pela Globoplay há ainda as opções "Combate", "Premiere", "Globoplay + Disney Plus", "Globoplay e Telecine", "Globoplay + canais ao vivo + Disney Plus", entre outras combinações possíveis. Clique aqui para conferir e/ou assinar.

Quanto custaria para assinar todos eles?

Algumas dessas plataformas oferecem a opção de teste grátis por 7 dias, 30 dias ou ainda preços promocionais por um determinado período de tempo. Isso é bacana para quem tem interesse em conhecer um pouco mais do catálogo antes de tomar uma decisão definitiva.

E caso você tenha ficado curioso, se você decidisse assinar todos esses serviços de streaming ao mesmo tempo, você teria que desenbolsar, no mínimo R$ 103,50 por mês. Isso considerando que você assinasse todos os pacotes básicos.

Então, qual ou quais você prefere? O que cabe melhor no seu orçamento? Esperamos ter te ajudado a decidir.

- Fique por dentro de todas as novidades sobre economia, finanças e investimentos no canal do Poupar Dinheiro no Telegram.