Após comprar a plataforma de investimentos Easynvest - cujo nome foi alterado para Nu Invest -, agora o banco digital Nubank mira a Bolsa de Valores com mais força. Nesta segunda-feira, 4 de outubro, o roxinho anunciou que em breve todos os clientes do banco poderão investir em ações pelo mesmo aplicativo da conta digital.

Com a aquisição da Easynvest, o Nubank já entrou para o mercado de ações, tendo expansão de sua carteira de serviços. Entretanto, o acesso aos investimentos ocorre por meio de uma plataforma à parte, o que deve mudar nas próximas semanas, de forma a trazer maior facilidade ao usuário.

Além de contar a novidade, o Nubank também anunciou hoje, dia 4, uma campanha educativa sobre investimentos a fim de agregar conhecimentos de mercado aos brasileiros. Batizado de "Donos do Pedaço", o projeto contará com a participação de diversos criadores de conteúdo, como o canal "Manual do Mundo" do Youtube.

"Nosso objetivo é empoderar de verdade as pessoas a tomarem as melhores decisões financeiras para o seu bolso, de acordo com seu perfil e objetivos financeiros para o futuro", disse o Nubank em seu site.

"Por isso, enquanto a novidade não chega, a gente quer ter certeza de que nossos clientes (e todos os brasileiros) tenham acesso a algo fundamental na hora de decidir onde investir: informação de um jeito fácil de entender", adiciona o banco digital.

Nubank lança campanha educativa sobre investimentos; acesse

A partir de hoje, 4 de outubro de 2021, o banco digital Nubank lança uma campanha que carrega o objetivo de trazer informações aos brasileiros sobre o mercado de capitais como um todo. A proposta é descomplicar a Bolsa.

"O acesso à Bolsa de Valores ainda é bastante restrito", explica o Nubank. "Com Donos do Pedaço, a gente quer que todo mundo possa entender do que se trata investir na Bolsa", disse o banco digital.

Para acessar a campanha do Nubank sobre a Bolsa de Valores, deve-se acessar o site do projeto, que conta com vários materiais educativos sobre o mercado financeiro, de forma que todo mundo possa entender.

Para chegar a ainda mais pessoas, bem como para diversificar o projeto, o Nubank chamou vários criadores brasileiros de conteúdos para a campanha, sendo eles: KondZilla, TPM por Ju Ferraz, Casal de Nerd, Travel and Share, Manual do Mundo, Uatafuke, Futirinhas, Juliana Luziê, Jacy Carvalho, Luísa Souto, Estefano Zaquini e Reserva para dois.

"Chamamos esses criadores porque acreditamos que entender de finanças não deve ser algo restrito a quem já lida com isso no dia a dia. Dinheiro, afinal, é parte da vida de todos nós", explica o Nubank em seu site.

3% dos brasileiros investem em ações

Apesar das dificuldades da pandemia de covid-19, a Bolsa de Valores de São Paulo (B3), a única do Brasil, registrou um aumento de 43% na quantidade de investidores entre o primeiro semestre de 2020 e 2021, o que totaliza 3,8 milhões de brasileiros, segundo relatório oficial.

Entretanto, segundo estimativas recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica - IBGE -, o Brasil tinha uma população de 211,8 milhões de habitantes até julho de 2020. Desta forma, conclui-se que somente cerca de 3% dos brasileiros acessam o mercado de ações.

Mesmo sendo um nível baixo quando comparado com outros países, como os Estados Unidos onde mais da metade da população investe em ações, é notável o crescimento de investidores brasileiros na Bolsa. Em 2019; havia uma parcela de cerca de um milhão de pessoas com contas abertas.

“Pessoas cada vez mais jovens e de outras regiões do país vêm percebendo as oportunidades de investir na bolsa e se dando conta de que podem começar com valores que cabem no bolso. Com mais opções de diversificação na carteira é possível se planejar para atravessar as oscilações do mercado rumo a novas fontes de rendimento”, explica o diretor de Relacionamento e Pessoa Física da B3, Felipe Paiva.

Vale mencionar que, entre 2020 e 2021, a taxa básica de juros do Brasil, a Selic, chegou ao menor patamar da história, nos 2% ao ano, e assim apertou os investimentos de renda fixa por meses, deixando as ações em destaque.