Após o fechamento do mercado nessa quarta-feira, 9 de junho, a Simpar (SIMH3) - companhia que atua principalmente no segmento dos transportes - por meio de sua controlada JSL (JSLG3), fechou um contrato de compra e venda visando a aquisição da empresa Transportes Marvel Ltda. A notícia foi divulgada na manhã dessa quinta-feira, 10 de junho, por meio de um Comunicado ao Mercado.

A transação envolveu a quantia de R$ 245 milhões e, de acordo com a Simpar, esse negócio "ampliará de forma relevante a atuação da JSL em transporte rodoviário de cargas congeladas e refrigeradas de alto valor agregado, além da representatividade do segmento de alimentos na companhia, oferecendo serviços no Brasil e outros países da América do Sul".

Com essa nova aquisição, a JSL adiciona em números anualizados, R$ 1,7 bilhão à receita bruta da companhia, aumentando de R$ 3,4 bilhões para um total de R$ 5,1 bilhões, um crescimento de 50%.

Detalhes da transção

De acordo com o comunicado divulgado, o contrato assinado prevê a aquisição de 100% da Marvel. Dos R$ 245 milhões, R$ 100 milhões serão pagos na data do fechamento da transação e o saldo remanescente em 12 parcelas mensais, nos meses subsequentes à data de fechamento.

Patricia Costella, atual executiva da Marvel, seguirá atuando como a principal executiva à frente da empresa com autonomia para comandar as atividades hoje desenvolvidas pela Marvel e com o acréscimo de "todo o suporte da JSL para liderar um novo ciclo de desenvolvimento de forma sustentável".

A Simpar também comunicou que os acionistas fundadores, Leovir Costella e Lodovino Costella, "devido ao seu vasto conhecimento sobre a operação, continuarão contribuindo com o desenvolvimento do negócio atuando como conselheiros consultivos".

A implementação do contrato ainda está condicionada ao cumprimento de algumas condições usuais desse tipo de operação. Ele também ainda precisa da aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

A aquisição poderá ser realizada pela companhia ou por intermédio de uma de suas controladas e isso ainda será definido. Dependendo do que for decidido, a JSL confirmará a eventual necessidade de submissão do contrato à Assembleia Geral da JSL.

Contrato estratégico

Como já dito, com a aquisição, a controlada JSL aumenta sua participação no segmento de alimentos, mas esse não é o único pilar estratégico da negociação fechada. Na verdade, a empresa divulgou uma lista de, pelo menos, quatro pilares. Veja quais são eles:

  1. Complementariedade Geográfica: expansão da presença da JSL no Brasil e em outros
    países da América do Sul, aumentando a densidade e complementaridade das rotas da JSL
    e, consequentemente, aumentando as sinergias logísticas, além de proporcionar maior
    exposição a mercados internacionais.
  2. Base de Clientes: incremento da participação no setor de alimentos através da
    complementaridade dos serviços prestados para clientes como Nestlé, BRF, Mondelez e
    Mccain e adições relevantes de novos clientes à base da JSL como JBS, Minerva, Marfrig e
    Piracanjuba.
  3. Rentabilidade e Modelo Operacional: modelo de negócios robusto, utilizando uma frota
    dedicada, sendo a frota própria responsável por mais de 99% de seu faturamento, com
    capacidade de realizar serviços de alto valor agregado, como transporte de produtos
    refrigerados, fator que contribui com uma performance de destaque da Marvel, atingindo
    margens EBITDA e Líquida de 24,8% e 7,7% respectivamente, nos últimos 12 meses.
  4. Crescimento Acelerado: perfil de crescimento diferenciado, apresentando um CAGR de
    17% entre 2018 e 2020, e possuindo oportunidades de acelerar ainda mais sua evolução ao
    adicionar a expertise, capacidade financeira e escala da JSL, gerando diluição de custos
    operacionais e financeiros, e consequentemente maiores margens para a empresa. Além
    disso, é importante mencionar que o setor de atuação da Marvel é extremamente resiliente,
    apresentando crescimento de 13% no ano de 2020 (vs. 2019), de acordo com a Associação
    Brasileira da Indústria de Alimentos.

A empresa destacou ainda que essa novidade está de acordo com um planejamento estratégicos da companhia para continuar sua agenda de crescimento, "perpetuando sua liderança absoluta no setor logístico e de transporte rodoviário, contando com o maior e mais integrado portfólio de serviços da América do Sul, com grande diversificação de setores de atuação e serviços oferecidos, sendo estes extremamente resilientes, com alto potencial de crescimento, rentabilidade e valor agregado".

Sobre a Marvel

A Marvel foi fundada em 1975 e oferece soluções de transporte de carga refrigeradas, congeladas e secas, principalmente ao setor alimentício, possuindo atualmente uma das maiores frotas próprias de transporte internacional de refrigerados na América do Sul, com mais de 1,1 mil ativos operacionais, com caminhões com idade média de aproximadamente 3,6 anos.

Ela possui cerca de 820 colaboradores altamente capacitados e comprometidos, o que é, segundo a empresa, um de seus principais diferenciais, resultando em serviços de altíssima qualidade para seus clientes, localizados no Brasil, na Argentina, Chile, Uruguai, Paraguai e Peru, sendo o frete internacional responsável por 58% do faturamento.

Nos últimos 12 meses a Marvel apresentou números, não auditados, de R$ 251 milhões de Receita Líquida, R$ 62 milhões de EBITDA, Lucro Líquido de R$ 19 milhões e Dívida Líquida de R$ 114 milhões, resultando em uma alavancagem de 1,8x.