De acordo com uma análise do banco suíço Credit Suisse, a multinacional brasileira de energia Weg (WEGE3) pode ser uma boa opção de investimento em 2022. Em suma, o banco justifica a orientação, por conta da previsão de crescimento anual de 15% da Weg, nos próximos 5 anos. Confira a seguir, todos os detalhes da avaliação do Credit.

Credit Suisse recomenda a Weg

Ao analisar as estimativas para 2022, o banco entende que a Weg "voltou ao radar dos investidores", após ficar um tempo sem destaque no mercado financeiro. Isso se deu, por conta da valorização baixíssima acumulada de 2,49% em 2021, frente aos 119% registrados em 2020.

Em suma, a queda brusca das ações da Weg, fez com que o mercado concluísse que o crescimento da empresa "já havia chegado ao limite". Entetanto, a multinacional de energia voltou a ser analisada com cuidado pelos especialistas da bolsa. E assim, na última segunda-feira, dia 20 de setembro, houve a divulgação de um relatório criado por técnicos do Credit Suisse, em conversa com investidores, sobre a multinacional.

De acordo com os analistas Daniel Gasparete e Pedro Hajnal, após sair do radar dos investidores locais, a Weg retorna como uma oportunidade no mercado. É dito isso, pois a empresa tem apresentado um forte potencial de crescimento.

Ademais, os analistas afirmam que os investidores demonstraram confiança no crescimento da Weg nos mercados internacionais. Afinal, o negócio de distribuição de energia é visto como o "mais importante motor de curto prazo para as receitas do mercado interno". E assim diante de uma possível instabilidade no plano econômico e político em 2022, a Weg é vista como "um porto seguro para investimentos".

Alta rentabilidade e lucros

No que diz respeito aos números mais recentes da Weg, o Credit Suisse destaca a preocupação da empresa, em manter altos níveis de rentabilidade. É dito isso, pois a taxa de retorno da companhia, entre o 2º trimestre de 2018 e o mesmo período de 2021, apresentou um crescimento de 13 pontos percentuais, atingindo 30%.

Ademais, com o valor de mercado hoje em torno de R$ 162,9 bilhões, o Weg teve um lucro líquido de R$ 1,13 bilhão no 2T21. E isso representou uma expansão de 120%, em comparação ao mesmo período de 2020. Por fim, para 2021, o Credit estima que a empresa lucre R$ 3,6 bilhões, acima dos R$ 2,3 bilhões de 2020.

Ações da Weg hoje

Porém, os investidores devem ficar atentos na hora de comprar ações, pois ao longo dos últimos 30 dias a empresa já registrou uma alta significativa de mais de 15% no preço de suas ações. Aliás, nos últimos 6 meses ela também soma uma alta de 15,78%.

Por volta das 14h20 dessa quinta-feira, 23 de setembro, cada um dos papeis da companhia estava custando cerca de R$ 41,23, mesma faixa de valores em que a empresa se encontrava por volta de fevereiro de 2021, antes de passar por um período de queda em seu preço, e se aproximando dos cerca de R$ 45,00 pelos quais chegou a ser negociada em janeiro de 2021, o preço mais alto das ações da companhia até então, considerando o desdobramento de ações feito pela companhia em abril de 2021.

No último ano