Investe no Banco do Brasil ou está interessado em adquirir ações da instituição financeira e quer entender um pouco mais sobre seus pagamentos de dividendos? Então você está no lugar certo.

Muitos são os investidores que consideram o pagamento de dividendos na hora de investir e o Banco do Brasil tem um bom histórico com vários pagamentos feitos ao longo dos últimos anos, além de ser um banco tradicional, de grande importância para o país com uma história de longa data, detalhes que impactam positivamente, não é mesmo.

Abaixo você pode conferir como foram esses últimos pagamentos, seu valores, além da data da próxima distribuição de lucros prevista. Saiba também como é a política de remuneração e um pouquinho da história do BB.

O Banco do Brasil

Fundado em 12 de outubro de 1808, o Banco do Brasil S.A. foi a primeira instituição bancária a operar no país. Na época havia apenas três bancos emissores no mundo - na Suécia, na França e na Inglaterra -, quando o príncipe D. João, recém-chegado ao Brasil, obrigado a deixar repentinamente Portugal, invadido pelas tropas de Napoleão, decidiu criar o Banco do Brasil.

Ele conta hoje, portanto, com 213 anos de história, além de mais de 5 mil agências espalhadas por todo o país, compondo uma das maiores redes de agências do país e do mundo. Aliás, ele também está fisicamente presente em outros 21 países pelo mundo, mas atinge mais de 140 deles. Possui também mais de 109 mil servidores. É um banco estatal que tem a União como dona de 59,1% de suas ações.

Para assegurar suas posições de liderança em um país continental, o Banco do Brasil atua em todos os setores do mercado financeiro - desde o bancário, passando por cartões, administração de recursos de terceiros, seguros, previdência e capitalização, até o de mercado de capitais, com um amplo portfólio de produtos e serviços, procurando alinhá-los cada vez mais aos preceitos de responsabilidade socioambiental.

Outro fato interessante é que o BB foi a primeira empresa brasileira listada em bolsa, desde 1906. Hoje a instituição está no mais alto nível de governança.

Política de remuneração

O Banco do Brasil (BBAS3) estabelece o percentual de resultados a ser distribuído aos acionistas, via dividendos ou JCP, tendo como base diversos fatores, como: os resultados do Banco, sua condição financeira, a necessidade de caixa, suas metas e respectivas projeções, perspectivas dos mercados de atuação presentes e potenciais, oportunidades de investimento existentes e a manutenção e expansão da capacidade operacional.

Porém, o banco adota como dividendo mínimo obrigatório em cada exercício o percentual de 25% do lucro líquido. Ele admite ainda, a distribuição de dividendos intermediários em períodos inferiores a um semestre.

- Confira na íntegra a política de remuneração aos acionistas do Banco do Brasil.

Próximo pagamento

Dentro desse padrão, o próximo pagamento de proventos está previsto para acontecer no dia 30 de dezembro de 2021, conforme anuncio feito no dia 26 de novembro. Serão R$ 499,3 milhões em Juros sobre Capital Próprio (JCP) distribuídos, sendo R$ 0,17499127580 por ação ordinária. Terão direito, aqueles que detiverem ações da companhia no dia 13 de dezembro de 2021.

Confira o resumo desse próximo pagamento abaixo:

Resumo do pagamento:

  • Valor total bruto: R$ 499.320.000,00
  • Valor total líquido: R$ 424.422.000,00
  • Valor por ação bruto: R$ 0,17499127580
  • Valor por ação líquido: R$ 0,14874258443
  • Data-com: 13 de dezembro de 2021
  • Data-ex: 14 de dezembro de 2021
  • Data de pagamento: 30 de dezembro de 2021

Histórico de pagamentos

Abaixo confira o histórico de pagamento do Banco do Brasil (BBAS3) de 2019 para cá.

EVENTO PERÍODO DATA DO ANÚNCIO DATA-BASE DATA-EX VALOR DISTRIBUÍDO R$ (MILHÕES) VALOR POR AÇÃO INFORMADO NA DATA DO ANÚNCIO (R$) DATA DO PAGAMENTO
JCP 4T21 26/11/2021 13/12/2021 14/12/2021 499,3 0,1749 30/12/2021
JCP 3T21 27/08/2021 13/09/2021 14/09/2021 527,1 0,1847 30/09/2021
JCP (complementar) 2T21 04/08/2021 23/08/2021 24/08/2021 986,1 0,3469 31/08/2021
JCP 2T21 28/05/2021 11/06/2021 14/06/2021 480,8 0,1685 30/06/2021
Dividendos 1T21 06/05/2021 21/05/2021 24/05/2021 212,1 0,0743 28/05/2021
JCP (complementar) 1T21 06/05/2021 21/05/2021 24/05/2021 970,4 0,3401 28/05/2021
JCP 1T21 26/02/2021 11/03/2021 12/03/2021 415,7 0,1457 31/03/2021
JCP (complementar) 4T20 22/02/2021 22/02/2021 23/02/2021 1.239,8 0,4356 03/03/2021
JCP 4T20 27/11/2020 11/12/2020 14/12/2020 333,7 0,1169 30/12/2020
JCP (complementar) 3T20 05/11/2020 16/11/2020 17/11/2020 555,7 0,1947 27/11/2020
JCP 3T20 28/08/2020 11/09/2020 14/09/2020 293,3 0,1028 30/09/2020
JCP (complementar) 1S20 06/08/2020 21/08/2020 24/08/2020 1.256,7 0,4406 31/08/2020
JCP 1T20 28/02/2020 11/03/2020 12/03/2020 517,4 0,1814 31/03/2020
JCP (complementar) 4T19 13/02/2020 21/02/2020 24/02/2020 1.242,5 0,4380 05/03/2020
JCP 4T19 29/11/2019 11/12/2019 12/12/2019 502,3 0,1761 30/12/2019
JCP (complementar) 3T19 07/11/2019 21/11/2019 22/11/2019 1.040,8 0,3650 29/11/2019
JCP (complementar) 2T19 08/08/2019 21/08/2019 22/08/2019 1.229,9 0,4445 30/08/2019
JCP 2T19 31/05/2019 11/06/2019 12/06/2019 476,6 0,1710 28/06/2019
JCP (complementar) 1T19 09/05/2019 21/05/2019 22/05/2019 1.155,9 0,4148 31/05/2019
JCP 1T19 22/02/2019 11/03/2019 12/03/2019 435,0 0,1561 29/03/2019
JCP (complementar) 4T18 14/02/2019 21/02/2019 22/02/2019 1.630,9 0,5901 07/03/2019

Então, agora você já sabe um pouco mais sobre o pagamento de dividendos do Banco do Brasil. Esperamos ter te ajudado.

- Fique por dentro das principais notícias sobre investimentos, economia e finanças. Acesse nosso canal no Telegram.