2022 está a todo vapor e mais um trimestre é encerrado após os meses de janeiro, fevereiro e março. Assim, o mercado possui esse período para captar informações sobre os mais variados temas econômicos e financeiros - saiba mais abaixo.

Nesse sentido, as empresas listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) vão começar agora em abril mais uma temporada de divulgação de resultados trimestrais, dessa vez relativa ao 1º trimestre de 2022 (1T22).

Indo até maio, a temporada de resultados do 1T22 contará, como de costume, com muitos indicadores de desempenho das empresas no primeiro trimestre do ano, como receita, lucro, ebitda, custos, dívidas, dentre outros. Entretanto, pode ser que impactos oriundos do conflito entre Ucrânia e Rússia, iniciado no início de fevereiro, também sejam anunciados nos relatórios.

Hoje, a B3 conta com centenas de empresas listadas e acompanhar a temporada de resultados trimestrais pode não ser tão fácil. Assim, o Poupar Dinheiro traz abaixo o calendário de resultados do 1T22, mostrando o dia em que cada empresa divulgará relatório, confira!

Ibovespa registrou alta no 1T22

O principal indicador de desempenho do mercado de capitais brasileiro, o Ibovespa (IBOV), que traz a performance das ações mais negociadas na B3, teve sua máxima aos 120.259 mil pontos no mês de março. Mas, o IBOV fechou o 1º trimestre do ano (1T22) aos 119.999 mil pontos, com alta acumulada de 14,48% no período.

Como pode ser visto na imagem abaixo, nos últimos seis meses, o Ibovespa acumula acumulada de 3,37%:

Reprodução/Google.
Reprodução/Google.

Taxa Selic no 1T22: de 10,75% para 11,75%

A taxa de juros do Brasil, a Selic, fechou o 1T22 aos 11,75% após um aumento de 1 ponto pelo Copom, órgão do Banco Central responsável por regular a taxa. Em fevereiro desse ano, a selic subiu 1,5 ponto percentual. Veja abaixo o histórico dos últimos ajustes:

Últimos ajustes da Taxa Selic
Dia da Reunião do Copom SELIC - % a.a. Ajuste
16/03/2022 11,75 + 1,00
02/02/2022 10,75 +1,50
08/12/2021 9,25 +1,50
27/10/2021 7,75 +1,50
22/09/2021 6,25 + 1,00
04/08/2021 5,25 +1,00
16/06/2021 4,25 +0,75
05/05/2021 3,50 +0,75
17/03/2021 2,75 +0,75
20/01/2021 2,00 0
09/12/2020 2,00 0
Créditos: Banco Central/Poupar Dinheiro.

Calendário de resultados do 1T22; veja datas das empresas da B3 em maio

Segundo nosso levantamento, a temporada de resultados do 1º trimestre de 2022 (1T22) começa já no dia 20 de abril, com a empresa Usiminas (USIM5), e segue até maio desse ano. Para saber isso, pesquisamos nas centrais de relações com investidores das empresas listadas na B3, bem como nos registros da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) as datas nas quais serão divulgados os relatórios de resultados do 1T22.

Adicione essa página nos favoritos de seu celular ou computador para facilitar o acesso ao conteúdo. Abaixo segue o calendário, sendo que serão feitas constantes atualizações na agenda durante as semanas da temporada do 1T22, para revisão e inclusão de matérias sobre os resultados - assim como fizemos na temporada do 4T21.

Quer receber todas as informações sobre os resultados trimestrais? Acesse o novo grupo do Poupar Dinheiro no Telegram.

Resultados do 1T22 em abril

Resultados do 1T22 em maio

Outros resultados do ano-safra

  • Resultado da Jalles Machado (JALL3) — 20/06/2022 (4T)
  • Resultado da São Martinho (SMTO3) — 20/06/2022 (4T)

1T22: o que são os resultados trimestrais?

A temporada de resultados é um período em que as empresas listadas na Bolsa de Valores, a B3, no caso do Brasil, devem divulgar ao mercado todos os desempenhos registrados nos últimos três meses, por isso o nome "resultados trimestrais".

Em cada temporada trimestral, as empresas anunciam por meio de relatórios diversos dados financeiros, operacionais e econômicos para que os investidores e analistas possam acompanhar o desempenho do empreendimento. Além disso, os resultados trimestrais também são uma medida de transparência no mercado de capitais.

Sempre auditados, os resultados trimestrais possuem datas determinadas com antecedência para divulgação dos resultados e quem estabelece o dia é cada empresa, esta que precisa estar constantemente atualizando seu calendário corporativo junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), por isso, as datas acima podem sofrer alterações.

*Cada empresa da B3 tem autonomia para realizar mudanças no calendário corporativo. Assim, é comum haver distorções em datas de divulgação de resultados trimestrais. Por esse motivo, mesmo após atualizações constantes pelo Poupar Dinheiro, é possível que as datas acima tenham variações. Se você perceber algum erro, comente abaixo.