Os especialistas em mercado do BTG Pactual decidiram realizar algumas alterações na carteira de recomendação mensal. Para janeiro, foram retiradas as ações de Magazine Luiza (MGLU3), Tim (TIMS3) e CCR (CCRO3).

De outro lado, as novidades para o mês são a TOTS3, da empresa de software Totvs; ITUB4, do banco Itaú; e a ALSO3 da administradora de shoppings, Aliansce Sonae. Veja abaixo quais são as demais ações do portfólio para este mês.

PETR4, VALE3, SUZB3

O time de estrategistas e analistas do banco estão otimistas quanto ao desempenho da economia mundial, em especial devido ao avanço da vacinação contra covid-19 e ao patamar histórico de taxas de juros baixas em escala global, fatores que devem favorecer um "apetite ao risco em níveis relativamente elevados".

Com isso, para manter a carteira de janeiro exposta à economia global, o BTG Pactual lista as ações de Petrobras (PETR3), Vale (VALE3) e Suzano (SUZB3), pois são títulos de empresas que devem apresentar bons resultados nas próximas semanas, segundo o banco. Em especial, vale citar que o otimismo com a SUZB3 segue desde dezembro do ano passado, quando o papel entrou para a carteira mensal.

ITUB4 e TOTS3

No Brasil, o interesse por investimentos de riscos mais altos, como as ações, aumentou bastante em 2020, principalmente como uma estratégia dos investidores para contornar as baixas históricas da selic, a taxa básica de juros.

"Com a inflação em alta, aumentam as chances de elevação mais rápida e mais forte da Selic", explica o BTG Pactual pelo relatório. O time do banco aumentou a projeção da taxa básica de juros de 3% para 3,75% no fim de 2021.

- Veja o relatório na íntegra.

"Com a expectativa de elevação das taxas de juros de curto prazo, faz sentido ganhar exposição aos bancos, que também devem se beneficiar da recuperação econômica e de uma base de comparação fraca após um 2020 desafiador. Nossa escolha entre os grandes bancos é o Itaú [ITUB4]", disse o BTG Pactual.

E para proteger a carteira do aumento da inflação no país, os especialistas recomendam a ação da empresa de software Totvs (TOTS3), que conta com "receitas ajustadas pela inflação em um serviço essencial e difícil de substituir".

As 10 ações da carteira recomendada para janeiro

Além do banco Itaú e da empresa Totvs, a administradora de shoppings, Aliansce Sonae, listada na bolsa de valores pela ALSO3, também estreia na carteira recomendada em janeiro. Segundo o BTG Pactual, a empresa mostra números sólidos e está bem posicionada no mercado para aproveitar com força os benefícios que a vacinação deve trazer aos shoppings. Além do mais, a ALSO3 teve queda de aproximadamente 40% em 2020, tornando-se ainda mais atraente para compra em janeiro.

De outro lado, para exposição aos setores de construção civil e infraestrutura, que demonstram boas oportunidades no país, estão na carteira as empresas Gerdau (GGBR4) e Cyrela (CYRE3).

Por sua vez, a carteira de janeiro também é composta pela bolsa de valores de São Paulo (B3SA3), que deve continuar aproveitando o sucesso do mercado de capitais, e a empresa Oi (OIBR3), cujo peso na carteira dobrou de 5% para 10% este mês. Veja a lista completa do portfólio:

Carteira com 10 ações para janeiro do BTG Pactual
Empresa Setor Ação Peso na carteira (%)
Vale Metais básicos VALE3 15
Petrobras Petróleo e gás natural PETR4 10
Itaú Bancos ITUB4 10
Gerdau Metais básicos GGBR4 10
Bolsa de valores brasileira (B3) Financeiro B3SA3 10
Totvs Software TOTS3 10
Aliansce Sonae Shoppings ALSO3 5
Cyrela Construção civil CYRE3 10
Oi Telecomunicações OIBR3 10
Fonte: BTG Pactual.