O CDI que muitos falam é o Certificado de Depósito Interbancário. Nome difícil, não? Na verdade o CDI serve apenas de parâmetro para a remuneração de investimentos/depósitos bancários em diversos setores do sistema financeiro nacional. O CDI afeta diretamente suas economias, visto que é o que remunera a maioria dos investimentos em renda fixa. Ele é sempre um pouco inferior à taxa SELIC, fixada a cada bimestre (às vezes trimestre) pelo Banco Central, a taxa básica de juros da economia nacional.

O que é taxa CDI?

A taxa CDI é o quanto o seu investimento irá render diariamente. Sim, ela é calculada por dia útil e leva em conta a taxa anual estipulada pelo Banco Central. Atualmente, maio de 2020, com a SELIC a 3% a.a, o CDI é de 2,9% ao ano, o que significa que se você aplicar R$ 10 mil reais a uma taxa de 100% do CDI e esta taxa permanecer até o ano que vem, quando findar o período de um ano você terá R$ 10.290,00. Simples, não? nem tanto.

Vamos pegar outro caso. Como o CDI é atrelado a SELIC, que pode variar várias vezes ao ano conforme decisão do Banco Central, ela também sofrerá variação no decorrer desse período. Assim, é feito uma média desses rendimentos, conforme a taxa diária. Se você investiu R$ 10 mil quando a taxa do CDI era 5% e meio ano depois a taxa caiu para 3% e assim permaneceu até o vencimento do seu título, você terá um rendimento líquido médio de 4% ao ano, um total de R$ 10.400,00.

Lembrando ainda que CDB's, Letras de Câmbio e alguns outros títulos têm incidência de Imposto de Renda (IR) sobre o rendimento, que varia de 15 a 22,5% sobre o lucro da operação, conforme o prazo de resgate. Já LCI's e LCA's são isentas de IR, o que explica porque bancos normalmente oferecem taxas menores nestes investimentos (em percentual de CDI).

Taxa CDI 2020

Como a taxa CDI é calculada por dia útil, isso explica porque fevereiro (mês com menos dias) tem um retorno menor se comparado aos outros. Em 2018, por exemplo, a taxa CDI do ano foi de 6,42%. Já em 2019 foi de 5,94% a.a.

Veja a taxa mensal do CDI em 2020:

Més/2020 Taxa CDI mensal Taxa CDI acumulada 2020 Taxa CDI acumulada últimos 12 meses
Janeiro 0,37% 0,37% 5,79%
Fevereiro 0,29% 0,66% 5,78%
Março 0,33% 0,99% 5,42%
Abril 0,27% 1,28% 5,20%
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro

CDI sempre é pós-fixado

Existem diferentes tipos de investimento no mercado, mas os de renda fixa podem ser divididos em duas categorias: Pré e Pós-fixado.

Os Pré-fixados são aqueles em que a taxa de rendimento já é estipulada na hora da aplicação, portanto não usam o CDI como base da remuneração, pois o CDI varia no decorrer dos dias.

Já os Pós-fixados são definidos no vencimento da aplicação, por um índice de referência, normalmente o CDI.

A taxa SELIC

Como falamos, o CDI sempre é um pouco menor que a taxa SELIC - sigla de Sistema Especial de Liquidação e Custódia, a taxa de juros básica da economia brasileira. Isso significa que ela influencia todas as demais taxas de juros do Brasil, como as taxas de empréstimos, financiamentos e de retorno em aplicações financeiras.