Sempre que surge o assunto Bolsa de Valores, costumamos pensar em ações de grandes empresas. Porém, nem só dessas grandes companhias é feita a B3, sabia? Existem papeis de empresas menores e elas são chamadas de Small Caps.

Em geral, elas não costumam estar listadas no Ibovespa (índice que reúne as maiores empresas da B3), mas elas também podem ser ótimas oportunidades de investimentos, dependendo do seu perfil de investidor.

Abaixo vamos falar um pouco mais sobre elas, seus prós e contras, os cuidados que se deve tomar ao escolher uma empresa desse tipo para investir e quais são as formas de investir nelas.

O que são Small Caps?

Small Caps é um termo bastante usado no mercado financeiro e se refere a ações de empresas pequenas comparadas às gigantes da bolsa. As empresas que se enquadram nesse grupo são aquelas com valor de mercado entre R$ 300 milhões e R$ 2 bilhões, podendo ir até US$ 2 bilhões (não há uma definição formal).

Claro que R$ 300 milhões é um valor muito alto. Porém, comparando uma empresa avaliada nesse valor com uma grande empresa como a Petrobras que vale mais de 300 bilhões, por exemplo, nota-se que é um valor menos expressivo.

Então, mesmo que algumas delas sejam muito conhecidas em seus setores, essas companhias são consideradas pequenas na Bolsa. Além das Small Caps apresentarem menor liquidez, para ser considerada uma, a empresa não pode estar em recuperação judicial e suas ações serem negociadas a menos de R$ 1,00.

Vantagens

A tradição de escolher empresas como Itaú, Vale e Petrobras é comum entre os investidores por se tratar de empresas robustas, tradicionais no mercado e financeiramente estáveis, pois apresentam menor risco de queda brusca nos preços de suas ações.

Porém, é muito provável que essas companhias tenham um baixo crescimento exponencial em um curto período, já que elas já estão bem consolidadas no mercado.

É aí que vemos uma das grandes vantagens das Small Caps, afinal, muitas estão ingressando no mercado financeiro ou atuam em setores que ainda não estão consolidados e possuem um alto potencial de crescimento, proporcionando um excelente retorno para os acionistas.

Sendo assim, investir nesse tipo de ação pode ser uma boa estratégia para multiplicar seus ganhos, pois a perspectiva que a companhia tenha sucesso é proporcional à oportunidade de ganhar bastante dinheiro com a valorização das ações.

Uma outra vantagem é subprecificação de algumas das empresas. Isso acontece porque algumas delas não são acompanhadas de perto por gestores e analistas, o que faz com que seu preço, às vezes, seja bastante menor do que seu valor patrimonial.

Porém isso não acontece com todas. É preciso estar atento, pois algumas são bem precificadas, sim. Uma boa saída é acompanhar as carteiras recomendadas de Small Caps de casas de análises, pois elas dão um norte em relação ao preço dessas ações.

Desvantagens

Uma das principais desvantagens é que uma maior volatilidade é algo intrínseco a elas. Quando a bolsa sobe, elas tendem a subir mais do que as grandes empresas, mas por outro lado, quando a bolsa cai, elas sofrem maior impacto também.

Então, elas constumam ser empresas com grande potencial de crescimento, mas por outro lado, elas também oferecem um pouquinho mais de risco.

Você também pode estar se perguntando por que grandes gestores e analistas não investem tanto nelas, não é mesmo? O fato é que em geral eles terão o mesmo trabalho para analisar uma empresa grande e uma pequena, então normalmente acabam optando pelas maiores pois elas já são conhecidas e estão bem consolidadas no mercado.

Além disso, muitas vezes os grandes gestores não conseguem se posicionar em relação a essas ações, pois eles trabalham com grandes fundos de investimento que lidam com valores na casa dos bilhões de reais.

Dessa forma, se o fundo decidir alocar uma parte de sua carteira, mesmo que seja 1% por exemplo, ele estará mexendo em cerca de R$ 10 milhões de reais. Isso é uma grande quantia de dinheiro que poderia facilmente influenciar no preço das ações da Small Cap, fazendo com que ele subisse apenas porque o volume negociado foi alto. E quando o fundo decidisse vender a ação, provavelmente derrubaria o preço dela, causando um efeito contrário.

Outro fator que podemos citar é que, muitas vezes, empresas pequenas são adquiridas por seus concorrentes. Nesse momento, os preços dos papéis tendem a subir de acordo com os ganhos de escala nas operações e maior poder de mercado.

Como investir nas Small Caps

Existem três principais formas de se investir em Small Caps. Uma delas é comprando ações diretamente na bolsa de valores através de sua corretora, da mesma forma que você faria com qualquer outra ação.

Outra alternativa, é buscar um fundo de investimentos em Small Caps. Eles costumam ter um pouco menos de volatilidade porque se uma ação está em queda, quase sempre há outra em alta, o que gera um pouco mais de equilíbrio.

E a terceira opção, é por meio de um ETF ligado às Small Caps. Os ETFs são como fundos de investimentos, mas são ligados a um índice. Na bolsa brasileira temos o SMAL11 como uma alternativa.

A melhor alternativa sempre vai depender do perfil de investidor de cada um.

Small Caps listadas na B3

Alguns exemplos de small caps bem conhecidas, apenas para que você tenha uma ideia do que estamos falando, são a Petz (PETZ3), a Energias do Brasil (ENBR3), a Sanepar (SAPR3, SAPR4 e SAPR11) e a Fleury (FLRY3).

Veja abaixo uma lista contendo algumas das principais Small Caps listadas na B3:

Código Ação
RRRP3 3R PETROLEUM
ABCB4 ABC BRASIL
AERI3 AERIS
AESB3 AES BRASIL
ALSO3 ALIANSCSONAE
AALR3 ALLIAR
ALUP11 ALUPAR
AMBP3 AMBIPAR
ANIM3 ANIMA
ARZZ3 AREZZO CO
AZUL4 AZUL
BMGB4 BANCO BMG
BPAN4 BANCO PAN
BRSR6 BANRISUL
BKBR3 BK BRASIL
BRML3 BR MALLS PAR
BRPR3 BR PROPERT
AGRO3 BRASILAGRO
CAML3 CAMIL
CEAB3 CEA MODAS
CESP6 CESP
CIEL3 CIELO
COGN3 COGNA ON
CSMG3 COPASA
CVCB3 CVC BRASIL
CYRE3 CYRELA REALT
PNVL3 DIMED
DIRR3 DIRECIONAL
DTEX3 DURATEX
ECOR3 ECORODOVIAS
EMBR3 EMBRAER
ENAT3 ENAUTA PART
ENBR3 ENERGIAS BR
ENJU3 ENJOEI
EVEN3 EVEN
EZTC3 EZTEC
FESA4 FERBASA
FLRY3 FLEURY
GFSA3 GAFISA
GOAU4 GERDAU MET
GOLL4 GOL
GRND3 GRENDENE
SBFG3 GRUPO SBF
SOMA3 GRUPO SOMA
GUAR3 GUARARAPES
HBOR3 HELBOR
HBSA3 HIDROVIAS
IGTA3 IGUATEMI
PARD3 IHPARDINI
MEAL3 IMC S/A
ROMI3 INDS ROMI
MYPK3 IOCHP-MAXION
RANI3 IRANI
IRBR3 IRBBRASIL RE
JPSA3 JEREISSATI
JHSF3 JHSF PART
LAVV3 LAVVI
LIGT3 LIGHT S/A
LCAM3 LOCAMERICA
LWSA3 LOCAWEB
LOGG3 LOG COM PROP
LOGN3 LOG-IN
AMAR3 LOJAS MARISA
LPSB3 LOPES BRASIL
MDIA3 M.DIASBRANCO
POMO4 MARCOPOLO
MRFG3 MARFRIG
CASH3 MELIUZ
LEVE3 METAL LEVE
MILS3 MILLS
BEEF3 MINERVA
MTRE3 MITRE REALTY
MOVI3 MOVIDA
MRVE3 MRV
MULT3 MULTIPLAN
NGRD3 NEOGRID
ODPV3 ODONTOPREV
OMGE3 OMEGA GER
PCAR3 P.ACUCAR-CBD
PRIO3 PETRORIO
PETZ3 PETZ
PTBL3 PORTOBELLO
POSI3 POSITIVO TEC
QUAL3 QUALICORP
LJQQ3 QUERO-QUERO
RAPT4 RANDON PART
RCSL4 RECRUSUL
SAPR4 SANEPAR
SAPR11 SANEPAR
STBP3 SANTOS BRP
SMTO3 SAO MARTINHO
SEQL3 SEQUOIA LOG
SEER3 SER EDUCA
SIMH3 SIMPAR
SQIA3 SINQIA
SLCE3 SLC AGRICOLA
TAEE11 TAESA
TASA4 TAURUS ARMAS
TCSA3 TECNISA
TGMA3 TEGMA
TEND3 TENDA
TRIS3 TRISUL
TUPY3 TUPY
UNIP6 UNIPAR
VLID3 VALID
VIVA3 VIVARA S.A.
VULC3 VULCABRAS
WIZS3 WIZ S.A.
YDUQ3 YDUQS PART

Pronto, agora você sabe o que são as Small Caps e já pode avaliar se quer investir nelas ou não.

E se gostou desse artigo, compartilhe em suas redes sociais.