As pessoas já estão cansadas de ouvir falar que a poupança, ainda que seja uma forma muito tradicional de guardar dinheiro, não possui um bom rendimento. Em contrapartida, a conta do Nubank vem sendo considerada como uma boa alternativa. Muitas pessoas têm optado por criar uma conta no banco digital e deixar seu dinheiro lá.

A primeira coisa importante para entender é que enquanto a poupança rende apenas 70% da Selic ou, caso a Selic esteja acima de 8,5% ao ano, seu rendimento será de 0,5% ao mês, a conta do Nubank rende 100% do CDI. Qual a diferença? Na verdade, a Selic e o CDI são muito semelhantes.

Nesse momento, por exemplo, a Selic está em 13,75% ao ano, enquanto o CDI rende 13,65% ao ano. Isso quer dizer que o dinheiro depositado no Nubank renderá exatos 13,65% ao ano (infelizmente, porém, há descontos do Imposto de Renda sobre esse valor). A poupança, um pouco menos do que isso: cerca de 6% ao ano + Taxa Referencial.

Além disso, é importante considerar também que agora o rendimento da conta do Nubank é diário após o 30º dia, enquanto que da poupança é mensal. Ou seja, numa poupança você terá que fechar um ciclo inteiro para receber o rendimento e se precisar sacar antes disso, você não receberá o rendimento.

No Nubank agora também há esse ciclo de 30 dias, mas é só no primeiro mês. Antes, porém, o rendimento do CDI diário já começava no primeiro dia. A mudança foi anunciada em julho de 2022, na oportunidade em que o Nubank anunciou a divulgação das Caixinhas do Nubank.

Rentabilidade x Rendimento

Existe uma diferença entre rentabilidade e rendimento e é importante compreender isso para poder calcular o seu rendimento. Basicamente, a rentabilidade é a taxa de quanto sua aplicação vai pagar sobre o valor investido - em outras palavras: ela é uma porcentagem que indica o quanto você irá ganhar.

Já o rendimento é um número - o valor que você receberá como retorno daquele investimento. Se você investir R$ 5 mil, portanto, com uma rentabilidade de 5% ao ano, o seu retorno será de R$ 250, o equivalente a 5% de R$ 5 mil. Nesse exemplo, o rendimento do investimento foi de R$ 250, enquanto a rentabilidade foi de 5%.

Existem também diferentes tipos de rentabilidade: a bruta e a líquida. A bruta não considera os descontos de impostos, taxas administrativas e operacionais cobradas no vencimento ou resgate do investimento; a rentabilidade líquida é aquela que já sofreu esses descontos - portanto, o quanto você realmente ganhou em cima do montante aplicado.

É importante dizer também que se tratando de investimentos, maior será a rentabilidade quanto maior for o prazo da aplicação. Isso acontece pois o valor é corrigido por juros compostos, o famoso juros sobre juros.

Ok, mas afinal, como calcular o rendimento do Nubank?

Como fazer o cálculo

Tendo como base essas informações acima, fica mais fácil calcular o seu rendimento, afinal, você já sabe que a sua rentabilidade será de 13,65% ao ano, não é mesmo? Isso significa que, em média, a conta do Nubank tem um rendimento de 1,13% ao mês atualmente.

Pegando um valor de R$ 100,00, por exemplo, ao fim de um ano, serão R$ 113. E sim, esse não é um valor muito alto, de fato, mas ainda será melhor do que a poupança, pois nela, você alcançará pouco mais de R$ 106 dependendo da Taxa Referencial que varia todos os dias.

Porém, é preciso considerar que sobre esses juros ainda incide o IR, que é cobrado logo que seu dinheiro começa a render. Mas o saldo da sua conta que sempre vai aparecer no aplicativo do Nubank é o seu saldo líquido, ou seja, já teve o desconto do Imposto de Renda, significa que você não precisa se preocupar em pagar o imposto. Isso é feito de forma automática.

Mas vale saber: a alíquota do Imposto de Renda que incide sobre os rendimentos varia de acordo com o prazo da aplicação. Ou seja: quanto mais tempo o dinheiro fica, menor a porcentagem de imposto de renda que incide sobre ele. A alíquota varia de 22,5% a 15%.

Apesar desse imposto, os cálculos de rendimento mostram que, ainda assim, a conta do Nubank rende mais do que a poupança. E isso é válido mesmo após as mudanças no CDI diário dos primeiros 30 dias. Porque na verdade, o dinheiro não vai deixar de render o CDI diário nesse primeiro mês, apenas a liquidez dele está diferente.

Ou seja, ao fim dos 30 dias, o cliente vai poder observar os ganhos de rendimento como se a conta tivesse rendindo diariamente. A questão é que se ele tirar o dinheiro antes dos 30 dias, não vai conseguir ganhar esse rendimento. Apenas isso. E depois dos 30 dias, será possível visualizar o rendimento diário normalmente como sempre aconteceu.

Simulador

Sim, são muitas informações e muitas variantes a serem levadas em consideração. Por isso, o próprio Nubank criou um simulador que facilita a vida dos clientes e interessados. Assim fica muito mais fácil verificar os rendimentos.

É possível simular diversos cenários, alterando o depósito inicial e o valor adicional depositado por mês, por exemplo. O simulador faz ainda uma comparação com a poupança, para que se tenha uma ideia da diferença nos valores.

No site do Nubank é possível utilizar o simulador para diversos cenários possíveis. Créditos: Reprodução/Nubank
No site do Nubank é possível utilizar o simulador para diversos cenários possíveis. Créditos: Reprodução/Nubank

Clique aqui e acesse a calculadora da conta do Nubank.

A conta do Nubank

A conta do Nubank foi lançada em 2017, ela é totalmente digital, e tem a proposta de ser transparente e livre de tarifas de manutenção. Além de render mais que a poupança, ela ainda oferece TEDs gratuitas e ilimitadas, cartão com a função débito, entre outros benefícios.

Na prática, ela não é nem uma conta corrente e nem uma poupança. Ela é uma conta de pagamentos, que permite que o dinheiro depositado nela seja aplicado em Títulos Públicos Federais e fique sempre rendendo. Os clientes também podem optar por depositar seu dinheiro em Recibos de Depósito Bancário (RDB) ao invés de títulos públicos.

Todo o saldo, inclusive rendimentos, pode ser transferido para outras contas do Nubank ou contas de outros bancos, ser usado para pagar contas ou ser gasto na função débito.

Caixinhas do Nubank

Além da conta corrente e da função Guardar Dinheiro do Nubank, que englobam essas regras de rendimento apresentadas acima, ou seja, rendimento de 100% do CDI diário a partir do 30º dia. O Nubank lançou também as Caixinhas do Nubank.

Elas são uma espécie de conjunto de cofrinhos onde o cliente do banco pode colocar o seu dinheiro de acordo com diferentes objetivos. Porém, na hora de colocar o dinheiro lá é necessário escolher entre duas opções de aplicações: o RDB do Nubank (que rende 100% do CDI) e o fundo Nu Reserva Imediata, um fundo de renda fixa com potencial de superar o CDI ao longo do tempo.

Dessa forma, ao guardar dinheiro, o cliente estará fazendo um investimento. Quer saber um pouquinho mais sobre cada uma dessas opções? Confira abaixo.

RDB do Nubank

A sigla RDB significa Recibo de Depósito Bancário. É um investimento de renda fixa atrelado ao CDI que funciona de maneira semelhante ao CDB - Certificado de Depósito Bancário.

Em outras palavras, é como se você estivesse emprestando seu dinheiro para a instituição financeira (no caso, o Nubank), que emite o título, e você o recebe de volta com juros, que, no caso, são os rendimentos do RDB.

É um investimento considerado seguro, pois conta com a proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) até o limite total de R$ 250 mil por cliente em cada instituição financeira. E a liquidez é imediata (D+0) ou em até um dia útil.

Fundo Nu Reserva Imediata

O fundo Nu Reserva Imediata é um fundo de renda fixa de baixo risco que permite resgatar seu dinheiro rapidamente, pois tem liquidez diária (D+0). Isso significa que, quando resgatado, o dinheiro entrará na sua conta em no máximo um dia útil após o pedido de resgate.

A estratégia desse fundo é investir em renda fixa por meio de cotas de fundos que possuem títulos públicos do Tesouro Nacional e títulos privados de baixo risco como CDBs e debêntures. Por meio desta estratégia, o fundo tem potencial de superar o CDI no longo prazo.